LENTES RGPs ASFÉRICAS

     Toda a linha de lentes RGPs desenvolvida pela Ultralentes possui desenhos asféricos anterior e posterior, proporcionando um melhor alinhamento e posicionamento da lente na córnea, oferecendo grande conforto e ótima adaptação. Proporciona a melhor acuidade visual possível de se obter e especialmente garante a manutenção da saúde e do equilíbrio fisiológico da córnea.

     A linha de lentes RGPs Ultralentes pode ser fabricada em diferentes matérias disponíveis desde DKs médio-baixo, médio, médio alto e alto. Todas as lentes proporcionam excelente troca lacrimal e um ótimo padrão de fluoresceína.

 

   



 

RGP Hipermetropia ASF 2.JPG
RGP Hipermetropia ASF 1.jpg
RGP Baixa Miopia ASF 2.JPG

Baixa Miopia

        Hipermetropia

 Lentes Asféricas Monocurvas

  A linha de lentes RGPs Ultralentes possuem desenho asférico anterior e posterior,  proporcionando um excelente posicionamento, conforto e um ótimo padrão de fluoresceína. A excelência da qualidade e tecnologia do desenho garante uma ótima adaptação e a manutenção da saúde fisiológica da córnea.

   A caixa de prova Inteligente Ultraset que engloba os quatro módulos abaixo é fabricada em curvas de 40 a 49 dioptrias com um poder refrativo que não precisar de cálculo de distância-vértice na refração na maior parte dos casos, de -4.00 a +4.00 D.

Baixa Miopia: - 4,00

   A linha de lentes RGPs Ultralentes Asféricas de baixa miopia possuem um desenho asférico anterior e posterior com flange asférica positiva anterior, proporcionado excelente conforto e um ótimo padrão de fluoresceína. Podem ser fabricadas desde curva-base 36 a 56 D. com diâmetros de 8.5 a 10.5 mm.

Alta Miopia: - 12,00
  A linha de lentes RGPs Ultralentes Asféricas de alta miopia possuem um desenho asférico anterior e posterior com flange asférica positiva anterior, proporcionado excelente conforto e um ótimo padrão de fluoresceína mesmo nos graus mais elevados. Podem ser fabricadas desde curva-base 36 a 56 D. com diâmetros de 8.5 a 10.5 mm.


 

Hipermetropia: + 4,00
   A linha de lentes RGPs Ultralentes Asféricas para hipermetropia possuem um desenho asférico anterior e posterior com flange asférica negativa anterior, proporcionado excelente conforto, centralização e um ótimo padrão de fluoresceína. Elas possuem menor massa devido ao desenho otimizado para conceber o menor volume de material, aumentando a transmissibilidade de oxigênio, diminuindo seu peso específico e proporcionando uma melhor centralização e posicionamento na córnea. Podem ser fabricadas desde curva-base 36 a 49 D. com diâmetros de 8.5 a 10.5 mm.

Afacia: + 14,00

   A linha de lentes RGPs Ultralentes Asféricas para hipermetropia possuem um desenho asférico anterior e posterior com flange asférica negativa anterior, proporcionado excelente conforto, centralização e um ótimo padrão de fluoresceína. Elas possuem menor massa devido ao desenho otimizado para conceber o menor volume de material, aumentando a transmissibilidade de oxigênio, diminuindo seu peso específico e proporcionando uma melhor centralização e posicionamento na córnea. Podem ser fabricadas desde curva-base 36 a 49 D. com diâmetros de 8.5 a 10.5 mm.

Lentes Asféricas Ultracone

ultracone.gif
ultra2.jpg

     A lente Ultracone é uma das melhores lentes RGPs para ceratocone do mundo, ela possui desenho multi-asférico anterior e posterior com dupla curvatura base, controle microscópico de borda e LIFT (levantamento de borda) que pode ser personalizado de acordo com cada caso. A lente Ultracone possui 4 módulos dispostos a seguir, com curvaturas de 45x41 a 60x45 por padrão.

   Todos os desenhos Ultracone podem ser fabricados na versão Advanced que possui curvaturas de 61 a 70 dioptrtias e na versão Extreme de 71 a 80 dioptrias de CB central. A lente final pode ser personalizada em seus parâmetros a partir do teste inicial de acordo com a necessidade do caso. Veja mais em Consultoria Digital.

   As lentes Ultracone nas versões Advanced e Extreme são mais utilizadas pelos profissionais que tem um movimento importante de pacientes de ceratocone, hospitais oftalmológicos e hospitais banco de olhos onde há um amplo número de pacientes com ectasias muito avançadas mas que com a adaptação e uso de lentes RGPs Ultracone nos modelos Advanced e Extreme obtém uma acuidade visual satisfatória.

 

A alta tecnologia e regularidade de resultados das lentes Ultracone proporciona grande satisfação para o especialista e para o paciente.

 Lente Ultraflat IntraLimbal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lentes Esclerais SSB e SB Full Scleral

  Toda a linha de lentes esclerais da Ultralentes possui desenhos asféricos anteriores e posteriores com zona háptica com tecnologia Spline Wave Technology (SWT) desenvolvida por Luciano Bastos que proporciona uma zona de apoio escleral suave e diferenciada para as áreas nasal e temporal, superior e inferior garantindo uma adaptação sem compressão háptica ou de borda sobre a conjuntiva. O desenho pode ser modificado e personalizado para diferentes diâmetros de córnea e da anatomia escleral.

  As lentes SSB e SB Full Scleral possuem uma tecnologia de canais de ventilação originadas pela tecnologia SWT que permite a lenta entrada de lágrima ou de lubrificante artificial sem conservantes, aumentando a capacidade de oxigenação da córnea sem que ocorra a entrada de debris de mucina dentro do fluido.

  A espessura das lentes SSB e SB são as mais finas de todo o mercado, tendo uma distribuição de volume de material o mais homogêneo possível evitando problemas de quebra ou de flexão e permitindo assim uma maior oxigenação (capacidade de oxigenação da lente é inversamente proporcional a sua espessura). Além de proporcionar maior oxigenação deixa a lente mais leve e confortável nos olhos do paciente.

  Todas as transições e borda da lente são calculadas e fabricadas sem transições e perfeitamente desenhadas a proporcionar o melhor conforto e desempenho hidrodinâmico, esta tecnologia deve-se a muitos anos de estudo e desenvolvimento científico dentro do laboratório Ultralentes e conformada pelos oftalmologistas que adaptam as lentes SSB e SB Full Scleral.
É possível personalização das lentes de maneira a sobrepor ou contornar obstáculos junto a esclera.

  Modelos das Esclerais Ultralentes


  A caixa de prova ideal para as lentes esclerais sugerida pela Ultralentes são as lentes SSB de diâmetros 16.5 mm e de 17.5 mm, mais a caixa de prova 18.5 mm. Estes três módulos compõem uma caixa de prova escleral completa que abrange mais de 98% dos casos. No entanto a Ultralentes também disponibiliza lentes córneo-esclerais de diâmetros em de 13.5 a 15.5 mm e lentes do tipo SB full scleral de 19.5 a 21.0 mm.


 

desenho.jpg
corneo.jpg

 Corneo-Scleral CXL
    As lentes córneo-esclerais CXL possuem diâmetros que podem variar entre 13.5 a 15.5 mm. e tem a característica de serem uma opção de adaptação híbrida entre a lente corneana e a escleral. Elas são uma opção para casos de maior irregularidade corneana onde as lentes RGPs corneanas não possibilitam uma boa centralização. A lente CXL possibilita a troca lacrimal, embora mais lenta que as lentes corneanas tradicionais. As lentes CXL possuem três desenhos com asfericidade progressiva proporcionando uma adaptação leve e um apoio suave sobre a conjuntiva. A caixa de prova CXL possui os desenhos UF e UC.
 

 SSB CXL UF
  Características: As lentes córneo-esclerais CXL UF possuem uma curva-base monocurva asférica progressiva que une-se a uma zona de apoio suave, sem transições e podem ser fabricadas com curvas de 38 a 47 dioptrias nos diâmetros de 13.5 a 15.5 mm.

caixa.jpg

 SSB CXL UC
   Características: As lentes córneo-esclerais CXL UC possuem dupla curva-base asféricas , sendo uma central mais curva e uma secundária mais plana com transição asférica reversa (sem junções) com uma periferia asférica progressiva para um apoio suave. Podem ser fabricadas nas curvas de 45x41 a 60x45 com diferentes valores de SAG. Há possibilidade de personalização da adaptação conforme a necessidade, alterando diâmetros de zona óptica, diâmetro total da lente e combinações de curvaturas.

caixa2.jpg

 SSB CXL-R
   Características: As lentes córneo-esclerais CXL-R possuem dupla curvatura, sendo uma curvatura mais plana no centro, uma curvatura secundária mais curva e uma periférica asférica progressiva. São lentes para casos onde há um aplanamento grande da córnea e uma área periférica da córnea mais curva. A CXL-R pode ser fabricada em curvas de 36x45 a 39x45 e podem ser modificadas para maior personalização da adaptação. A caixa de prova CXL-R é vendida separadamente, para maiores informações entre em contato com a Ultralentes.

 Semi-Scleral SSB


   As lentes semi-esclerais SSB possuem diâmetros que podem variar entre 16.0 a 17.8 mm. sendo os diâmetros mais utilizados 16.0, 16.5, 17.0 e 17.5 mm. As caixas de prova SSB geralmente são feitas com 16.5 e 17.5 mm.  É importante compreender que os valores de SAG variam consideravelmente entre estes diâmetros. As lentes SSB englobam grande parte das adaptações pois proporcionam valores de SAG e desenhos que permitem uma sobreposição uniforme sobre a córnea e um apoio leve sobre a conjuntiva escleral. A caixa de prova SSB possui os modelos UF e UC com diâmetros de 16.5 e 17.5 mm.

Os modelos SSB são:

SSB UF


 


 

ssb.jpg

   Características: As lentes SSB UF possuem uma curva-base monocurva asférica progressiva e uma zona háptica definida de apoio escleral com desenho em “spine” que proporciona uma adequada aterrissagem sobre a conjuntiva escleral. As lentes SSB UF podem ser fabricadas com curvas de 36 a 46 dioptrias nos diâmetros de 16.0 a 17.5 mm.Este desenho em muitos casos serve tanto para casos de ceratocone como para casos de pós-transplante.
 

ssb1.jpg
ssb2.jpg

SSB UC

ssbuc.jpg

  Características: As lentes semiesclerais SSB UC possuem dupla curva-base asféricas, sendo uma central mais curva e uma secundária mais plana com transição asférica reversa (sem junções) com uma periferia asférica progressiva para um apoio suave. Podem ser fabricadas nas curvas de 45x41 a 60x45 com diferentes valores de SAG. Há possibilidade de personalização da adaptação conforme a necessidade, alterando diâmetros de zona óptica, diâmetro total da lente e combinações de curvaturas o que permite uma adaptação mais personalizada em casos de ceratocone, pós-transplante ou outras patologias de córneas irregulares.
 

ssbuc2.jpg
ssbuc3.jpg

CAIXAS DE PROVA SSB – MODELOS

caixadeprovauc1.jpg
caixadeprovauc2.jpg
ssbuf.jpg
ssbuc4.jpg

   Obs. As caixas de prova esclerais SSB podem ser produzidas de acordo com a preferência do oftalmologista, em qualquer diâmetro de 15.5 a 18.0 mm e com diferentes combinações de curvas. Também pode ser acrescentadas as lentes SSB UC de curva-base impares como 45x41, 47x43, 49x44, 51x45 e assim sucessivamente.

SSB-R  

ssbr.jpg

   Características: As lentes semiesclerais SSB-R possuem dupla curvatura, sendo uma curvatura mais plana no centro, uma curvatura secundária mais curva e uma zona háptica sline.. São lentes para casos onde há um aplanamento grande da córnea e uma área periférica da córnea mais curva com SAG um pouco mais elevado. A SSB-R pode ser fabricada em curvas de 36x45 a 39x45 e podem ser modificadas para maior personalização da adaptação. A caixa de prova CXL-R é vendida separadamente. Geralmente utilizada em casos pós-RK e em casos pós-transplante de córnea onde há um plateau central bem definido e uma curva periférica corneana mais curva.
 

 SB Full Scleral
   As lentes esclerais SB Full Scleral possuem diâmetros que podem variar entre 18.0 a 21.0 mm. sendo os que os diâmetros mais utilizados são 18.5 mm.e 19.5 mm. que são os padrões para a caixa de prova. É importante compreender que os valores de SAG variam consideravelmente mais em diâmetros maiores, portanto lentes com os mesmos parâmetros de curvatura terão SAGs bem maiores de 18.5 para 19.5 mm. 


   A SB Full Scleral possui uma zona háptica de apoio maior e melhor distribuída sobre a esclera, com isso a pressão e a força sobre a conjuntiva é menor. Esta zona de apoio maior proporciona um conforto e uma área coberta maior, excelente para pacientes com fenda palpebral maior, córneas maiores e com indicação terapêutica. A zona háptica com tecnologia Spline Wave Technology permite a acomodação de áreas anatomicamente distintas e um sistema de ventilação que proporciona uma lente entrada de lágrima ou colírio lubrificante sem conservantes, aumentando a capacidade de oxigenação da córnea.


   A SB Full Scleral viabiliza aquelas adaptações onde nenhuma outra lente pode alcançar com valores de SAG que podem chegar até a mais de 9.300 micras. Uma excelente solução para casos de ceratocone avançado, ceratoglobo, degeneração marginal pelúcida. pós-transplante de córnea, pós-sequelas de cirurgias com uma córnea grande e/ou com grande elevação, geralmente com uma fenda palpebral maior.
  Estas lentes são definitivamente para os especialistas mais avançados na adaptação de lentes esclerais e precisam de melhores recursos para tratar destes casos de ainda maior complexidade.

sbfull.jpg

Modelos SB Full Scleral:

SB Full Scleral UF

scleralbastos.jpg
sbfull1.jpg
sbfull2.jpg

  Características: As lentes SB Full Scleral UF possuem uma curva-base monocurva asférica progressiva e uma zona háptica definida de apoio escleral com desenho em “spine” que proporciona uma adequada aterrissagem sobre a conjuntiva escleral. As lentes SB Full UF podem ser fabricadas com curvas de 36 a 46 dioptrias nos diâmetros de 18.0 a 21.0 mm. sendo que as caixas de prova padrão são feitas nos diâmetros 18.5 ou 19.5 mm. embora possam ser feitas até 21.0 mm se o especialista necessitar.
  Os valores de SAG das SB Full UF são bem elevados e podem muitas vezes terem excelente adaptação em casos de ceratocone avançados, em casos pós-transplante de córnea e outras patologias de córneas irregulares onde um SAG mais elevado é exigido.

 

SB Full Scleral UC

scleraluc.jpg
scleraluc1.jpg

   Características: As lentes semiesclerais SB Full Scleral UC possuem dupla curva-base asféricas , sendo uma central mais curva e uma secundária mais plana com transição asférica reversa (sem junções), uma zona de transição asférica reversa sobre o limbo e uma zona háptica de aterrisagem ou aoio escleral em desenho spline. 
 

uc1.jpg

   Podem ser fabricadas nas curvas de 45x41 a 60x45 com diferentes valores de SAG. Há possibilidade de personalização da adaptação conforme a necessidade, alterando diâmetros de zona óptica, diâmetro total da lente e combinações de curvaturas o que permite uma adaptação mais personalizada em casos de ceratocone, pós-transplante ou outras patologias de córneas irregulares onde há necessidade de valores de SAG mais elevados.

CAIXAS DE PROVA SB Full Scleral – RELAÇÃO

Modelo SB 18.5 mm
Caixa de prova compacta

 

fulluf.jpg

Obs. As caixas de prova esclerais SB Full Scleral podem ser produzidas de acordo com a preferência do oftalmologista, em qualquer diâmetro de 18.1 a 21.0 mm e com diferentes combinações de curvas. Também pode ser acrescentadas as lentes SSB UC de curva-base impares como 45x41, 47x43, 49x44, 51x45 e assim sucessivamente.

sbr.jpg

SB-R Full Scleral

 
 
 

Caixa de prova Inteligente

Todas as caixas de prova asféricas das lentes RGPs Ultralentes possuem um sistema de facilitação para o teste realizado pelo especialista. Fomos os pioneiros nesta técnica que consiste em facilitar ao máximo o trabalho do especialista.

Nas caixas de provas asféricas monocurvas e caixas de prova modelos Ultracone o grau das lentes de teste facilita o oftalmologista para que não precise fazer cálculo de distância-vértice na maior parte dos casos. Solicite maiores informações sobre nossas caixas de prova, material técnico enviando uma mensagem por este link: Contato

CAIXADEPROVA.jpg
extreme.jpg
ultracone1.jpg

Ultracone Nipple

A lente Ultracone Nipple possui diâmetro de 8.5 mm. e uma zona óptica ligeiramente menor que a UC padrão (Absolut), indicada para casos de ceratocone tipo nipple centrais e para casos de pterígio onde deve-se evitar o toque da borda. A caixa de prova compreende curvaturas de 45x41 a 60x45 dioptrias.

 

ultracone nipple.jpg

Ultracone Absolute

absolute.jpg

A lente Ultracone Absolut ou padrão é a mais popularmente utilizada pelos especialistas, ela atende a cerca de 90% dos casos de ceratocone. possui diâmetro de 9.5 mm. e com uma suave transição entre as curvaturas, indicada para diversos casos de ceratocone de posição central ou para-central. A caixa de prova compreende curvaturas de 45x41 a 60x45 dioptrias.
 

absolute.jpg

Ultracone PCR
 

   A lente Ultracone PCR (Post-Corneal Ring) foi concebida para casos de ceratocone pós-implante de anel intraestromal e ceratocone paracentrais, maiores e mais afastados do eixo visual. A sua zona óptica maior  proporciona uma melhor cobertura, distribuição lacrimal e maior controle de aberrometria.

   A UC PCR possui diâmetro de 10.5 mm. e zona óptica maior com as duas curva-base e pode ser personalizada também de maneira a oferecer um melhor padrão em casos de maior complexidade. É a lente que o especialista deve ter sempre como segunda opção para casos mais complexos. A caixa de prova compreende curvaturas de 45x41 a 60x45 dioptrias.

 

pcr.jpg
pcr.jpg

Ultracone IL

il.jpg

     A lente Ultracone IL (Intralimbal) foi concebida para casos de ceratocone pós-implante de anel intraestromal e para casos de ceratocone maiores e mais descentrados inferiormente. Devido a sua zona óptica ainda maior que todos os demais modelos ela proporciona maior cobertura, distribuição lacrimal e maior controle de aberrometria. Seu desenho asférico progressivo tem um “lift” de borda maior na medida que se aproxima da periferia da córnea e do limbo, preservando a sua saúde e a integridade fisiológica.

     A UC IL possui diâmetro de a 12.5 mm., e pode ser personalizada também de maneira a oferecer um melhor padrão em casos onde houver necessidade. É a lente para o especialista que recebe muitos casos de ceratocone e com alguma frequência se deparada com casos de ceratocone mais complexos com uma área maior de irregularidade. É a opção de maior diâmetro antes de passar para as lentes esclerais. A caixa de prova compreende curvaturas de 45x41 a 60x45 dioptrias.

 

ultraconeIL.jpg
ultraflat.jpg

Ultraflat IL Padrão

     A lente Ultraflat é uma monocurva de asfericidade progressiva e lift controlado, com diâmetro de 11.5 a 12.5 mm. e é indicada para casos pós-cirúrgicos, como pós-RK, pós-PRJ, pós-Lasik, pós-transplante e pós-trauma e alguns casos de astigmatismos regulares mais elevados. A Ultraflat é fabricada nas curvas de 36.00 a 49.00 dioptrias.

 

ultraflatIL.jpg

Ultraflat-R (Reverse)

     A lente Ultraflat-R (Reverse) possui uma curvatrura central mais plana, uma curva secundária reversa ais curva e curva periférica asférica. Indicada para casos de córneas em forma de “plateau”, geralmente casos pós-cirúrgicos.

Características: As lentes esclerais SB-R possuem dupla curvatura, sendo uma curvatura mais plana no centro, uma curvatura secundária mais curva e uma zona háptica sline com suave e amplo apoio escleral, o que possibilita uma melhor distribuição do “peso” da lente sobre a conjuntiva escleral, diminuindo a pressão sobre a mesma.

São lentes para casos onde há um aplanamento grande da córnea e uma área periférica da córnea mais curva com SAG mais elevado. A SB-R pode ser fabricada em curvas de 36x45 a 39x45 e podem ser modificadas para maior personalização da adaptação. A caixa de prova CXL-R é vendida separadamente.

Geralmente utilizada em casos pós-RK e em casos pós-transplante de córnea onde há um plateau central bem definido e uma curva periférica corneana mais curva. Para informações mais detalhadas sobre as lentes SB-R Full Scleral entrar em contato com a UL clique aqui

full1.jpg

OBSERVAÇÕES E DETALHES SOBRE AS ESCLERAIS ULTRALENTES

TECNOLOGIA.jpg
parametros.jpg
detalhes.jpg

COMO ADAPTAR

utilizaçao.jpg
valor.jpg
ultralx.jpg

Modelos:          - NIPPLE

                             - ABSOLUTE

                             - PCR

                             - INTRALIMBAL